Poemas de amor confuso

Quão confuso está teu coração poetisa. Leia no meu blogue 'A dor de amor'. Acho que irá se identificar com o texto. Mui bueno. www.luso-poemas.net Es tan dificil olvidar tu amor tan extraño que aun persivo tu olor. Confuso es este sentir que trastorna mi diario vivir. No se que sucede en mi cabeza solo se que me da mucha tristeza. No naci con tigo a mi lado pero hoy te tengo aún mas clavado. Eres como un tatuaje en mi corazón que hoy sangra de tanta confución. Este amor confuso destroza mi ser solo le pido al cielo sacie mi sed. Poema AMOR CONFUSO de Natalia Taboada Paez. AMOR CONFUSO, La sonrisa de tu rostro que despliega inocencia,no se puede contemplar en lo efímero de la aurorani la infinitud para apreciar el cóctel de tus ojos,menos aun el caudal vehemente de tu c. Um pouco de tudo. Que cheira terra molhada, Frutos silvestres maduros, Corpos suados no labor, No amor, No horror. Sou o cárcere que te priva, Que te liberta, Que te magoa, Por motivo qualquer, Em instante qualquer. Sou um fragmento de tudo Que te traz ódio, Que te dá prazer. Sou um pedaço do mundo, Que gosta do teu cheiro, Que gosta do teu ... Amor confuso Poema publicado el 30 de Noviembre de -0001 Si te quiero, entonces porque te odio, Si me llamas porque me voy Si la bruma que te envuelve es mi amor, Porque vivo sufriendo?. Eres soporte que rechazo Veo Tu llanto que se pasa de largo, Tu mirada me hinca en el alma Solo rezo para recuperar la calma. No pienso, quiero que amanezca Re: AMOR CONFUSO p/ Alberto da fonseca O Alemtagus escreve o amor, seja ele motivo de ódio, de ciúme, de ambos ou de nenhum. O Jorge Saiote sente-o na pele e em todas as suas manigâncias. Poema AMOR CONFUSO de Mini Ale. AMOR CONFUSO, Lo que siento no es normalNo quiero nada formalYo se lo que sientoQuiero que se lo lleve el vientoEsto que tengo es amorY no quiero un desamorYo se que tu siente lo mismoEsto se vuelvo un abismoEsto n.

Como descobri que tenho depressão

2020.01.20 01:55 ayu45 Como descobri que tenho depressão

Faz exatamente 6 meses , que tudo começou. Começou um um enjoo que não acabava mais . E meses antes tinha descoberto que tinha problemas na tireóide, e sempre que eu falava que tinha algo de errado comigo, minha mãe respondia "é a tireóide filha" , pois para quem não sabe isso afeta o psicológico é afetado também. Mas continuando no assunto do enjoo, sempre que ia para a escola passava mal, eu achava na época que era só meu refluxo atacando denovo, até chegar perto das férias e eu ir para uma médica que cuidava da questão da tireóide, eu insisti e falei "mãe não é só isso mãe, eu não tô legal" e ela me encaminhou para um psiquitra , que logo depois trocamos por alguns motivos. Os tais motivos eram que eu precisava de um psiquiatra que me afastasse da escola , porque eu não estava mais aguentando ir na escola , passava mal e tinha crises. Até que eu troquei e o psiquiatra me afastou por meses. O engraçado é que uma semana depois que a médica da tireóide me encaminhou para o psiquiatra, foi logo que começou as crises. Fiquei em casa parada, minha mãe me ajudou muito. Me acolheu e cuidou de mim muito bem. Nesse meio tempo eu estava com uma psicóloga mas logo troquei, por outros motivos. Em agosto para setembro, eu não conseguia sair de casa. Tinha pavor dos olhares dos outros sobre mim. Se eu saísse da porta para fora, ficava com a perna bamba e a crise atacava. Teve crises que eu não conseguia falar, ou mexer as pernas pois meu corpo não deixava. Teve crises que gritei até ficar rouca. Eu simplismente não aguentava mais. Até uma época que comecei a me queimar , meus pulsos estão marcados até hoje , mas nada de muito grave. Deis de então comecei a ter um pouco mais de amor pela minha vida, e comecei a me julgar bem menos. Pelo menos por alguns dias, pois tenho uma síndrome chamada síndrome de bonderline que é similar a bipolaridade, muitas vezes confundida com a mesma. Então basicamente meus dias são bem confusos. Teve dias em que chorava , mas no fundo não sabia o porque. Voltando para o hoje. Hoje estou orgulhosa pois nesses meses todos, consegui sair de casa e brincar com os meninos da rua. Também estou feliz porque ganhei o pc dos meus sonhos. Estou tentando me amar e me ajudar mais . Mas sabe é meio desgastante , você acordar bem e um dia com ódio incansável de você . Mas nunca fiz nada demais com meu corpo, na verdade eu me mutilava mentalmente . Tinha vontade de tacar a cabeça no espelho. Tinha vontade de me jogar da escada . Tinha vontade de bater a minha cabeça na parede até entrar em estado inconsciente. Tinha vontade de mecher no pc, viciar , não sair mais. Até chegar numa idade e se eu morresse por algum motivo , eu pensava "pelo menos vou morrer feliz". Toda vez que sonho eu agradeço por ter sonhado, pois ele me tira da realidade e me tira daqui de alguma forma. E daqui uns 11 dias vou voltar para escola, estou animada, é escola nova , pessoas novas. Espero que esse ano seja muito bom, tomara que seja que nem aquelas histórias onde a pessoa passava por um momento infernal depois tinha os melhores momentos da vida. E na verdade eu nunca fui feliz de verdade , pois sempre vivia no automático. Nunca preocupava com meu bem e nem se minha vida estava boa. Não via sentido, mas não trazia esse assunto a tona pois senão eu ia ter mais uma crise (obs: tinha crises escondida na minha casa , pois ficava sozinha a tarde). Estou tentando me encontrar e achar uma personalidade. Atualmente nasci menina mas to me descobrindo e me identificando com o gênero masculino, gosto de fazer poemas e dançar, quero ser poetisa quando crescer e quero publicar meus livros, sou tímida, gosto de jogos , sou uma menina "tomboy ", sou boa com ritimos , adoro qualquer tipo de música. Bom esses são algumas coisas que estou descobrindo sobre mim. Se quiserem eu posso publicar mais sobre mim.
submitted by ayu45 to desabafos [link] [comments]


2020.01.06 06:22 maru_u666 Eu só preciso desabafar um pouco, é complicado.

Olá :) Não vou dar muitos detalhes sobre a minha pessoa, então vamos direto ao assunto. Tenho 13 anos, entendo que sou bem jovem e sei que tenho problemas internos demais pra alguém tão nova, tenhos crises depressivas e na minha última vez eu jurei que ia me matar, já tive crises que me fizeram sentir o meu corpo morto, sentir vermes dentro de mim e um odor insuportável saindo de dentro, já quebrei copos, soquei paredes e já quase morri atropelada milhões de vezes. Sinto como se agora estivesse tudo bem, eu só me sinto muito irritada, como se eu estivesse estagnada, quero gritar com tudo e todos, tenho um desejo absurdo de estar fora de casa, de andar compulsivamente, preciso produzir (eu escrevo poemas, roteiros, planejo um mundo inteiro dentro da minha cabeça), vou ser sincera, meu ego é inflado, muito inflado, até eu cair do meu castelinho de areia, dai todas essas crises voltam e eu me sinto um lixo, como se não merecesse amor, não merecesse ver beleza, inútil. Tenho o sonho de ser cantora, cantora não... não, não só cantar, produzir, pintar, dançar, explorar, ser livre como uma artista (aquelas hippie clichê de filme, entende?) eu tenho essa necessidade de me sentir livre, as coisas me enchem muito rápido, tudo muito confuso sempre, o pior de tudo é que eu não quero explicações, não quero resolução. Eu bebo, sim, bebida alcoólica, amo vinho, e sei que é errado, tenho consciência de tudo isso, mas sinto que a minha vida não vai acabar por causa disso, e se não for a lugar nenhum, eu me mato, a vida é linda, lindíssima, mas não vale a pena viver na miséria. Eu só quero fazer o meu trabalho nessa vida, dar pelo menos um último beijo na garota q eu gosto, andar de skate e morrer :) se bem que falando desse jeito a vida parece boa demais para a morte, mas ela vai chegar de qualquer jeito, então o que um copo de vinho, lábios tocados e sentir a brisa de uma manhã enquanto anda de skate vai mudar? você vai morrer de qualquer forma, então por isso eu só faço o que quero fazer, ultimamente não tenho ligado muito para as pessoas, mas de qualquer forma não trago problemas à minha mãe. eu amo ela e é por isso que eu ainda existo. Obrigada por ler, está gigante :))))) (estava lendo o que eu escrevi e eu pareço uma adolescente rebelde, mas calma, meu caso é bem diferente. Falando em ser artista, eu quero ser grande como os grandes nomes, minha inspiração é o Michael Jackson e eu entendo que eu estou "estagnada" por questão de tempo, uma hora tudo flui.)
submitted by maru_u666 to desabafos [link] [comments]


2019.09.21 18:10 Im_a_joke_to_you Dúvidas

Amor tenho dúvidas sobre! Como funciona? Como se manisfesta? Como se cria? E certo?ou e errado? E confuso ? Estamos certos que ele existe? E que nunca vai nos deixar? Ou e só um sentimento inoportuno Amor oque fazes? Para nós fazer de escravos... Quando vai ser? A hora deste amor vir? Bom perguntas e perguntas Nunca saberemos as hora de telas não?
-Poema imperfeitamente imperfeito
submitted by Im_a_joke_to_you to u/Im_a_joke_to_you [link] [comments]


2018.06.03 20:44 macaco3001 Índia Malhoa é a melhor artista portuguesa de todos os tempos

São muitos os nomes em que pensamos quando nos referimos aos melhores músicos portugueses: Amália Rodrigues, Rui Veloso, Quim Barreiros, Salvador Sobral... Mas há um nome que não aparece tanto como devia. Refiro-me, obviamente, à maior artista da actualidade, Índia Malhoa.
Poderia falar de vários dos seus êxitos, "Histórias do meu Diário", uma bela história de amor ou mesmo "DJ aumenta o som", mas irei centrar-me no seu mais belo poema, "Lollipop". Lollipop pode parecer uma música azeiteira ao ouvir pela primeira vez, derivado até da sua mistura de dialectos e aparente falta de conteúdo interessante, sendo que ao chamar ao seu cão "Lollipop", Índia parece estar a sugerir que aprecia aplicar um bom felácio no seu cão. Pretendo através deste texto mudar esta visão injusta daquela que é, sem dúvida, a melhor música portuguesa de todos os tempos.
O verdadeiro tema deste poema é a igualdade de género. Confusos? Passo a explicar: No 3º verso da 6ª estrofe, o sujeito poético, referindo-se ao cão, proclama "Ele é rosa e azul". Qualquer pessoa que esteja a visualizar o videoclip poderá facilmente verificar que o cão em questão não é rosa, nem azul. Concluímos então que este verso tem algum significado não literal. Rosa é uma cor usualmente relacionada ao género feminino, e azul ao género masculino, ou seja, o cão tem características normalmente associadas a um dos géneros e não pertence exclusivamente a um deles.
Agora uma pergunta relevante que se pode levantar é, porque é que Índia Malhoa aparenta estar a falar de um cão e não de uma cadela? Isto ocorre pois o cão é referido com um "ele", como se pode observar nos versos "Ele é nice, ele é cool / ele acompanha-me até à school". No entanto, a palavra "cão" nunca é utilizada, sempre sempre substituído por "dog" que se pode referir a ambos os géneros. É importante realçar que o pronome referente ao cão em inglês é sempre "It", como se verifica no verso "It's my lollipop". É claro que este pronome é frequentemente usado na língua inglesa quando se refere a animais, no entanto, não é normalmente utilizado quando existe uma relação próxima com o dito animal, como é aqui o caso. Índia usou propositadamente este pronome de forma a não discriminar o seu género, algo que não é possível fazer na língua portuguesa, justificando assim a introdução aparentemente azeiteira de outro dialecto.
No entanto parece existir algum desequilíbrio derivado do uso do pronome masculino e nunca o feminino, no entanto, a 12 de Janeiro de 2013, no reputado programa "Não há Bela sem João", India revela que a música é inspirada na sua cadela, repondo assim o equilíbrio.
Falta apenas apresentar a última e mais relevante prova de que é esta a interpretação certa. O nome do cão? Angel. O que se significa angel? Anjo. E como é facto conhecido, os anjos não têm género.
submitted by macaco3001 to portugal [link] [comments]


2017.04.17 00:47 tapiruko Adiós a mis hijos.

Hijos:

Hoy la vida desgarra mi alma.
Su partida arranca hoy inagotables lágrimas de mis ojos. Tristemanete, ya conocía esas lágrimas. Las vi en los rostros de mi padre y madre, al dejarles para hacer mi vida e iniciar la de ustedes. Son las mismas lágrimas que ellos vieron, seguramente, en el rostro de sus padres, cuando emprendieron rumbo hacia estas tierras, siendo aún jóvenes, pobres, soñadores, atrevidos.
El destino es errático y hasta confuso.
Mis padres dejaron un país pobre, envejecido y en miseria. Ustedes, hoy abandonan un país rico, joven, prometedor; lleno te todo, en el que no queda nada. Nada para ustedes. Nada que parezca justificar un esfuerzo, emprender un proyecto, conquistar un amor, esgrimir una idea o tejer una vida. Por favor, no permitan que la tormenta aquí les impida perseguir la luz y la claridad del futuro, que inunda el fondo de tus ojos, proveniente de otras latitudes
Mi corazón sufre como nunca.
Lucho arduamente por convertir cada pálpito de tristeza y soledad en un latido de esperanza e ilusión. Esperanza puesta en ustedes, hijos. Deseo que sus sueños se mantengan vivos; que su joven fuerza les impulse por la vida a conquistar nuevas metas y que la osadía gobierne sus deseos. Vayan, enamórense, conquisten un sueño. Sean ambiciosos. Defiendan una idea aunque sea diferente y, por sobre todo, nunca subordinen sus ideales a los de otros, por prometedores que parezcan. Luchen por lo que desean y no dejen de luchar cuando lo consigan. Una buena causa es la mejor razón para estar vivos.
Espero poder alcanzarles, en la lejanía del futuro.
Estoy cansado. La ruta de mi vida terminó siendo un camino redondo: un círculo en el que, trágicamente, mis esperanzas están muriendo en el mismo sitio en el que vi nacer los ideales de mi vida, 30 años atrás. El sueño de siempre querer volver a casa se convirtió en una pesadilla de no querer está aquí, de no poder salir de aquí. Al final, comprendí que el hogar no es realmente el sitio donde queremos estar, sino aquel que merecemos. Nunca debí volver, ni traerlos de vuelta conmigo. No persigan sus recuerdos del pasado. Están en el futuro, esperando ser descubiertos, disfrutados. Vivan de las experiencias, no de los recuerdos.
No lamenten dejarme.
Yo no lamento dejarles ir. No estoy seguro de tener la fuerza y determinación necesarios para vencer a esta realidad y acompañarles pronto; mas no me permitiré ser lastre en el equipaje de su viaje al futuro, a la libertad. Naveguen su ruta. Sientan respeto por las tierras que les acogerán. De allí venimos. Ese gen errante que parece estar en nuestra sangre, por generaciones, les guiará siempre en su destino. Sientan respeto también por sus amigos, por los jóvenes que dejan, por quienes no pueden seguir sus pasos. Pero, por sobre todo, sientan respeto y admiración por aquellos que deciden quedarse y luchar por recuperar el país que alguna vez tuvieron sus padres.
Llegó el momento el que finalmente debo aceptar, con resignación y entereza, aquello que ya sabía; aquellas sabias palabras grabadas en mi desde mi temprana juventud, y que hoy me golpean con más realismo y vigencia que nunca:
“Tus hijos no son tus hijos.
Son los hijos y las hijas de la vida, deseosa de sí misma.
Vienen a través ti, pero no de ti.
Y aunque estén contigo, no te pertenecen.
Puedes darles tu amor, pero no tus pensamientos,
porque ellos tienen sus propios pensamientos.
Puedes abrigar sus cuerpos, pero no sus almas,
pues sus almas viven en la casa del mañana,
que no puedes visitar, ni siquiera en sueños.
Puedes esforzarte en ser como ellos,
pero no en hacerlos como tú.
Ya que la vida no retrocede, ni se detiene en el ayer.
Tú eres el arco desde el cual tus hijos,
cual flechas vivas son lanzados.
El Arquero ve el blanco en el camino del infinito, y él,
con su poder, te doblará, para que sus flechas
puedan volar rápidas y lejos.
Deja que el dolor que te causa la mano del Arqueo sea tu gozo,
ya que así como Él ama la flecha que vuela,
ama también el arco que permanece estable.”
(Gibran Kahlil Gibran)
Finalmente hijos, deseo legar a ustedes un bello recuerdo de mi madre. El día de mi partida, de memoria, ella recitó un poema aprendido de su propia madre y que nunca me permití olvidar. Espero que algún día algún día la vida les dé la oportunidad de recitarlo a sus propios hijos.
“Mamma;
Dammi le scarpe fatate
che sette leghe al passo san fare
tutte le porte ho spalancate
tutte le strade voglio provare
Attraverserò il fiume, laggiù sul piano
salirò in cima a quelle montagne,
andrò, mamma, lontano lontano
Finché un giorno sarò arrivato
in un risplendente, alto giardino
dove ogni albero vive incantato,
aurora eterna, sole divino
Un ramo d’oro, poi di diamanti
spicco mammina proprio per te
della più bella di quelle piante
e degno del fulgido trono di un re.
La mamma disse:
Figlio diletto, va.
Corri il mondo audacemente,
solo ricorda che qui ti aspetto:
sei tu il mio ramo d’oro fulgente.”
([email protected] [email protected])
Los quiero. Los extrañaré.
Fabio
submitted by tapiruko to vzla [link] [comments]


Gerardo Ortiz - Amor Confuso (InStudio) 2011 POEMA DE AMOR EN LA DISTANCIA ~ Unchained Melody On ... Gerardo Ortiz Amor Confuso CON LETRA - YouTube Gerardo Ortiz-Amor Confuso*CON LETRA* Bonito Poema de Amor  Con Voz  TE AMO MI VIDA Poemas de amor con musica 'Confesiones' POEMAS HABLADOS. - YouTube poemas de amor cortos - YouTube

Amor confuso Mundo Poesía Foros de poemas

  1. Gerardo Ortiz - Amor Confuso (InStudio) 2011
  2. POEMA DE AMOR EN LA DISTANCIA ~ Unchained Melody On ...
  3. Gerardo Ortiz Amor Confuso CON LETRA - YouTube
  4. Gerardo Ortiz-Amor Confuso*CON LETRA*
  5. Bonito Poema de Amor Con Voz TE AMO MI VIDA
  6. Poemas de amor con musica 'Confesiones'
  7. POEMAS HABLADOS. - YouTube
  8. poemas de amor cortos - YouTube
  9. Gerardo Ortiz: Amor Confuso

Hola mi niña se que vienes tomada escuche tu llegada pero tus reproches no entran en mi cama Se que no quieres que todo a terminado que yo no he valorado que... ''ESTE QUERERTE ASI''POEMA DE AMOR CON MUSICA, POESIA ROMANTICA,VIDEO POEMA by Hispayarte. 1:35. AMOR CONFUSO Y CAUTELOSO. by Maika Ilusión. 3:23. Poema, Que son los Besos? - Vicente Amigo ... Sigueme: https://www.facebook.com/HansGomezElPeseta?ref=hl gerardo ortiz en InStudio de univision algo que vendra en el disco nuevo 'entre dios y el diablo' ... Tu me provocas expresarte mi amor de todas las maneras posibles, por ti escribo canciones, versos y poemas, por ti me he convertido en la persona mas romántica del mundo, y te agradezco por eso ... El Tiempo en vivo: Medellín se llena de versos con su Festival Internacional de Poesía EL TIEMPO 1,217 watching Live now UNA GRAN PELEA QUE JAMAS OLVIDAREMOS BRUCE LEE VS CHUK NORRIS EN EL ... 3. Este Amor (Is This Love) 4. Ramiro Caro 5. Entre Dios Y El Diablo 6. Pensando En Ti 7. Sangre Azul 8. Angeles O Demonios 9. Amor Confuso 10. Porfirio Díaz 11. Ojo Por Ojo, Diente Por Diente 12 ... http://www.poemasdeamorcortos.net poemas de amor cortos, poemas de amor cortos, poemas de amor cortos, poemas de amor cortos, http://www.poemasdeamorcortos.n... viejitas pero bonitas canciones romÁnticas camilo sesto, joan sebastian,juan gabriel, leo dan, favio romanticas de amor 678 watching Live now Eres Una Nina - Duration: 2:51. para todos aquellos q tenemos un amor o un amigo especial en algun lugar lejano del mundo al q queremos y hechamos de menos, para todos aquellos q por un amo...